29.7.09 | Autor: Maria Augusta

Como foi amplamente divulgado, Nelson Mandela, o primeiro presidente negro da África do Sul que passou 27 anos de sua vida na prisão, solicitou como presente para o seu aniversário de 91 anos que as pessoas fizessem benevolato, com o objetivo de aliviar o sofrimento dos doentes ou necessitados. A primeira dama francesa, Carla Bruni, que é cantora e havia afirmado que não voltaria aos palcos enquanto seu marido fosse presidente, respondendo ao apelo de Nelson Mandela resolveu abrir uma exceção e participar do concerto organizado no Radio City Music Hall de New York. Dele participaram também Aretha Franklin, Stevie Wonder, Queen Latifah e Cindi Lauper e o objetivo era angariar fundos para a pesquisa contra a AIDS, doença que vitimou seu irmão há alguns anos atrás e contra a qual ela criou uma fundação aqui na França. No público do concerto estava seu presidente de marido e ela cantou seu sucesso "Quelqu'un m'a dit", acompanhada por Dave Stewart (ex-Eurythmics) e também "Blowin in the Wind" de Bob Dylan. Ninguém contestou o gesto e a intenção, mas os críticos a acharam meio "enferrujada"...será?

Categoria: , , |
You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

15 comentários :

On 30 de julho de 2009 00:55 , João Menéres disse...

Muito oportuno o teu post sobre a intenção de Nelson Mandela, que considero um ser acima dos superiores humanos.
A Carla Bruni enferrujada?
-É a opinião dos críticos...Que podiam dizer eles? Têm sempre que misturar política com tudo o resto!
E o nosso Figo (e todos os outros) não está um tanto ou mais enferrujado?
Algum crítico já o disse?

Parabéns por esta postagem!

 
On 30 de julho de 2009 02:14 , Lunna Montez'zinny disse...

As vezes eu fico pensando no que seria do mundo sem os críticos. Será que seríamos mais felizes? Eu sou suspeita porque admiro a personalidade da Carla Bruni, mesmo tendo ela se casado com o Sarcozy (rs).
Se ela esta enferrujada o que dizer de muitos cantores que estão voltando a ativa anos luz depois de terem abandonado suas carreiras? hahahaha. Beijos

 
On 30 de julho de 2009 10:26 , Georgia disse...

Eu só a achei muito séria, me parecia preocupada. No mais a voz continua belíssima.

Um beijo grande

 
On 30 de julho de 2009 11:36 , Eduardo P.L disse...

E a Carla lá precisa saber cantar?????????????? srsrs

 
On 30 de julho de 2009 18:16 , marialynce disse...

Bem,o que é de louvar é realmente a acção de Mandela, que é uma pessoa muito especial.E acontecimentos destes são sempre importantes de divulgar!

Quanto à cantora Carla Bruni também é de salientar a sua pronta disponibilidade ao apelo de Mandela. Como não sou própriamente grande apreciadora da sua música e interpretação não vou tecer nenhum comentário...

Beijo grande!

 
On 30 de julho de 2009 18:16 , marialynce disse...

Bem,o que é de louvar é realmente a acção de Mandela, que é uma pessoa muito especial.E acontecimentos destes são sempre importantes de divulgar!

Quanto à cantora Carla Bruni também é de salientar a sua pronta disponibilidade ao apelo de Mandela. Como não sou própriamente grande apreciadora da sua música e interpretação não vou tecer nenhum comentário...

Beijo grande!

 
On 30 de julho de 2009 21:10 , sonia a. mascaro disse...

O Eduardo sempre com os comentários cheios de humor, me fazendo rir!
Cantando bem ou não, acho a Carla Bruni linda e charmosa. E Nelson Mandela merece todas as homenagens!
Bjs.

 
On 31 de julho de 2009 11:02 , Maria Augusta disse...

João, o Nelson Mandela continua mostrando um grande senso de humanidade, é um grande homem da história recente.
Abraços.

Lunna, os críticos sempre se acham os donos da verdade...se bem que no caso, não acho que ela cantou bem, mas valeu a intenção.
Um grande beijo.

Georgia, a voz dela é agradável apesar de não ser potente. A canção deste vídeo fala dos direitos cívicos, talvez porisso ela está muito séria durante a interpretação.
Beijos.

Eduardo, isto é o que dizem muitos rs.
Um abração.

Marialynce, o gesto do Mandela é remarcável e a resposta da Carla ao apelo também. Acho que a performance passa em segundo plano neste caso.
Um grande beijo.

Sonia, ela é bonita e corajosa, pois ocupando a posição de primeira dama se expõe a críticas ferozes devido às correntes políticas. Imagine que disseram até que a voz dela parece um miado...
Beijos.

 
On 31 de julho de 2009 17:50 , Meire disse...

Mandella soube escolher seu presente...Qta gente "grande"!

Bjs

 
On 31 de julho de 2009 20:08 , Luma disse...

Eu prefiro que cante em francês, tem todo um charme! E a música anterior Quelqu'un m'a dit ela frisou, "Não é boa para dançar, mas é boa para sonhar". A voz de Carla Bruni é para sonhar, então, prefiro que ela cante docinho, docinho...;)
Bom fim de semana! Beijus

 
On 31 de julho de 2009 22:07 , Marco Antonio disse...

Eu conheci a Carla Bruni através de uma música que a Lu sempre ouvia, não sabia que era quem cantava. A Lu fez um post sobre ela no Acqua e eu gosto de um cd que ganhei (também da Lu) com poemas da Emily Dickinson (poeta favorito da Lu).
Grande abraço e bom fim de semana

 
On 1 de agosto de 2009 03:33 , Ví Leardi disse...

na última entrevista que vi Achei Carla maravilhosa..acho que os críticos morrem de inveja de ..Sarkô! (rsrsrs) Beijos

 
On 1 de agosto de 2009 19:39 , Dora disse...

Maria Augusta. Eu senti uma certa lentidão no jeito de cantar de Carla Bruni. Já a vi na televisão, e me encantei com a apresentação dela, na época. Também prefiro que ela cante em francês...rs
Mas, "enferrujada" é meio depreciativo demais, e a crítica pode ter tantos critérios obscuros, não?
E ouvir o apelo de Mandela já é um gesto que justifica qualquer "enferrujamento", não acha?
Beijos.
Dora

 
On 2 de agosto de 2009 18:27 , Elma Carneiro disse...

Gosto muito de ouvir Carla Bruni cantando "Quelqu'un m'a dit".
Muito meiga e sensual.
Bjs

 
On 3 de agosto de 2009 09:07 , Maria Augusta disse...

Luma, o estilo dela é este, cantando "docinho, docinho". Além disto é compositora também.
Um grande beijo.

Lu, é bonito ver como a Lu trouxe tantas coisas na tua vida.
Abraços para os dois.

Vi, pode ser mesmo uma questão de inveja rs...eles tem sempre que encontrar algo para criticar...
Beijos.

Dora, eu também achei que esta performance dela em Nova Iorque não foi das melhores, mas o gesto foi muito importante, colaborar para uma causa que ela defende.
Um grande beijo.

Elma, esta canção foi seu primeiro sucesso, também é a minha preferida.
Um beijão.