6.7.09 | Autor: Maria Augusta

A região onde moro, a Lorraine, é famosa por seus cristais e pelos artistas que com ele trabalham, nela temos as cristalerias Baccarat, Daum, Saint-Louis...e aqui viveu Emile Gallé...A Abadia dos Premontrés,na cidade de Pont-à-Mousson aqui perto de Nancy, tem a tradição de apresentar a cada verão uma exposição tendo como tema este material. Há 2 anos foi o "Jardim de Cristal", no ano passado foram os pesos para papel de cristal e neste ano eles associaram o cristal ao perfume e realizaram uma mostra com um duplo enfoque : Os "Perfumes de Cristal" e o "Jardim dos Aromas".

(para ver a legenda da foto passe o mouse sobre a imagem sem clicar)









Para realizá-la, nos magníficos salões e corredores da Abadia eles trouxeram mais de 450 frascos de perfume e frascos para perfume, traçando a história dos grandes nomes da perfumaria do século XIX até hoje, e sua associação com os artistas do cristal, tais como Baccarat e Lalique, da qual nasceram frascos maravilhosos. Eles não esqueceram também do centenário da Feira Internacional de Nancy de 1909, incluindo obras de Emile Gallé, Majorelle, Daum e Lalique criadas na época art-nouveau. Como sou colecionadora de frascos de perfume (em miniatura) e apreciadora de tudo que é transparente como o vidro e o cristal, fiquei extasiada com esta exposição.

Mas o mais original estava no exterior da abadia, o "Jardim dos Aromas"...nele eles trouxeram mais de 6000 tipos de plantas que entram na composição dos perfumes : rosas, lavanda, flor de lys, jasmins, além de ervas aromáticas e agrumes. As plantas compunham uma cenografia projetada pelo paisagista Marc Lechien, na qual em torno de uma fonte central (que continha uma escultura em massa de cristal de Daum e exalava uma bruma) se distribuiam 4 canteiros nos quais se podia ver os frascos de perfume no meio dos vegetais dos quais foram extraidos seus aromas...Havia também 3 alambiques lembrando o tratamento que transforma as plantas em perfumes e 4 ifs(árvores) dentro de um envelope de "vime" lembrando os cuidados durante o transporte dos frascos. E o melhor, cada canto do jardim exalava um perfume diferente : rosa, tuberosa, jasmin e Ylang-Ylang. Além de bonito, o jardim era perfumado de verdade!

Tirei muitas fotos (pena que os odores não podem ser fotografados...) e coloquei em um diaporama no Picasa, pois este jardim merece ser visto em tamanho grande. Para entrar nele, basta clicar na foto abaixo...garanto que vale a pena...


Lembrete :

Hoje (dia 6 de julho, segunda feira) estou respondendo as "51 Perguntas para um Blogger" no "Pensieri e Parole" da Meire.

Categoria: , , |
You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

16 comentários :

On 6 de julho de 2009 11:26 , Georgia disse...

Maria Augusta, me lembro do seu post no ano passado;

Que lindas imagens, deve ter sido linda essa exposicao. Eu só nao poderia ir pelo cheiro, quem sofre de enxaqueca como eu perfume é um verdadeiro veneno; mas gosto muito de perfumes e os que tenho sao somente de enfeites do tempo que eu ainda podia usá-los, rs.

Gostei demais da juncao de ervas, frutos e flores nesse jardim.

Parabéns pela postagem.

Vou lá ler a sua entrevista.

Uma linda semana pra você e perfumada, rs.

 
On 6 de julho de 2009 12:17 , Eduardo P.L disse...

França e bons perfumes são sinônimos sempre! Sua linda e cuidada postagem confirma!

Boa semana!

Vou pela 12º vez TENTAR ler a entrevista na Meiroca!

 
On 6 de julho de 2009 12:49 , Ví Leardi disse...

..mais uma vez estou aqui "babando de inveja" .....teu vidrinho me lembra desta nossa paixão todos as dias ,bem a vista junto com meus perfumes do dia a dia...que beleza, que pena sempre esta distância..que bom poder ver e sentir um pouco aqui...beijos querida e ótima semana!

 
On 6 de julho de 2009 16:26 , marialynce disse...

Maria Augusta

Acabei de "chegar" do site da Meire para ler a sua entrevista de que gostei muito, respostas bem acertadas. Aproveito também para lhe agradecer a referência que fez ao meu bloguinho, que agora tem andado mais desamparado...um dia destes tenho que voltar a cuidar mais dele mas tenho tido outras solicitações.

Adorei este post, também adoro vidros! Mostrou frascos fabulosos mas realmente o cenário do jardim estava surpreendente. Uma ideia bem criativa. Achei maravilhosa a escultura da fonte com a recriação da Vénus, que deu para ver bem no seu disporama maior. belas imagens!

Beijinho e obrigada!

 
On 6 de julho de 2009 17:33 , Grace Olsson disse...

Maira Augusta, li vc lá na Meiroca e vim te visitar. OLha, esse ajrdim deve ser uma loucura. O cheiro deve ser inebriante .
dias felizes

 
On 6 de julho de 2009 17:44 , Anna disse...

Vim conhecer seu blog, achei esses jardins lindos, imagine o cheiro!
Beijos

 
On 6 de julho de 2009 18:14 , Elma Carneiro disse...

Amo cristais e perfumes.
Perfumes... francês, é claro e são os meus preferidos.
Que maravilha ver essa exposição das flores que dão a essência para eles. Feliz de quem teve o privilégio de entrar nesse Jardim dos Aromas, e sentir seu perfume.
E os frascos e as peças de cristais são lindos, um luxo.
Beijos

 
On 6 de julho de 2009 18:25 , sonia a. mascaro disse...

Um deslumbramento, Maria Augusta! Estou sem palavras... posso imaginar o que seja ver e sentir essa atmosfera pessoalmente. Já visitei as fotos no Picasa e adorei. Você como sempre faz posts primorosos.
Obrigada!
Beijos.

 
On 6 de julho de 2009 23:34 , expressodalinha disse...

Um belo claustro. A arte do vidro é uma espécie de magia. Lindas peças.

 
On 7 de julho de 2009 05:43 , Luma disse...

Uau!! Muito bom!!

O olfato tem o poder de mexer com a nossa memória afetiva e associativa. Quem não se lembra dos perfumes da infância ou da pessoa amada! A minha mãe tem um cheiro peculiar, só dela! Quando estou com saudades, puxo na lembrança e chego a sentir o perfume dela.
Quem não gosta do prazer que reconforta? Perfume tem a capacidade de nos acalmar e também agitar!
Tenho uma amiga que guarda todos os frascos vazios de perfumes que usa! Hoje em dia compramos também o design dos frascos, pecado jogar no lixo!
Veja bem, um frasco do Imperial Majesty custa $215,000 foram produzidos apenas dez frascos desse perfume, seus frascos foram forjados em cristal Baccarat, decorados com anel de ouro 18 quilates no gargalo e um diamante de 5 quilates cravado na tampa. Loucura!!
Eu ficaria doida numa exposição desta!

A entrevista ficou ótima!! Beijus

 
On 7 de julho de 2009 09:59 , Maria Augusta disse...

Georgia, mas que pena este teu problema de enxaqueca que além de ser doloroso te faz evitar os perfumes. E os odores deste jardim eram naturais, das plantas, ervas e frutos que entram na composição deles, eram muito agradáveis.
Beijos.

Eduardo, é verdade que os perfumes daqui são míticos, muito bons.
Abraços.

Vi, vi algumas destas miniaturas que coleciono em tamanho natural, fiquei contente. Sei que você também adora frascos de perfume, lembrei de você quando visitei a exposição.
Beijos.

Marialynce, na realidade eram duas exposições simultâneas, e cada uma por si só já era um deslumbramento. O jardim tinha a vantagem de encantar também o olfato...Quanto a teu blog, eu o acho um dos melhores entre os que visito. Mesmo se você não posta frequentemente, quando o faz vale a pena.
Um grande beijo.

Grace, obrigada pela visita, este jardim era inebriante mesmo.
Um grande beijo.

Anna, que prazer recebê-la, espero que volte sempre.
Abraços.

 
On 7 de julho de 2009 10:15 , Maria Augusta disse...

Elma, a idéia da exposição do "Jardim dos Aromas" é genial, associando os perfumes às plantas de onde vem seus odores. Quanto aos perfumes franceses é verdade que são artigos de luxo pelo preço, mesmo aqui são caros...mas como são bons!
Beijos.

Sonia, foi um passeio muito agradável, além das exposições, a própria abadia às margens do rio Moselle é muito bonita. Que bom que você gostou das fotos no Picasa, adorei fazê-las.
Um grande beijo.

Jorge, "um belo claustro"...que bom que você me trouxe a palavra em português para "cloitre", eu não sabia como traduzir rs. Também acho a arte do vidro uma magia, a luz brincando com a transparência...uma pura maravilha.
Abraços.

Luma, realmente a memória olfativa é poderosa, um perfume é capaz de nos trazer uma lembrança de maneira muito forte, no meu caso mais que uma música, por exemplo. Os designs dos frascos são fabulosos, desta associação entre os perfumistas e os artistas de Baccarat, ou Lalique, nasceram frascos maravilhosos...que certamente estão incluidos no preço, como você disse. E alguns são verdadeiras jóias, como este que você citou. Legal que você gostou da entrevista!
Beijos.

 
On 7 de julho de 2009 15:06 , teoriasimpossiveis disse...

E eu fiquei aqui a imaginar tudo isso, enquanto namorava o horizonte que vc nos permitiu, mas confesso que muitos cheiros me deixam em pânico... Mas adorei as cores e a sensação de primavera...
Eu confesso que não gosto muito de perfumes franceses. Ganhei um anos atrás e até hoje o tenho, mas o meu problema é a tal da reniti alérgica. aff. Beijos

 
On 8 de julho de 2009 12:33 , Rosmarino, tempero e destemperos disse...

Parabéns pelo blog e entrevista na Meiroca.
Agora dá licença que vou dar uma passeadinha neste cantinho maravilhoso, tá?
Um abraço

 
On 23 de julho de 2009 11:41 , Meire disse...

Maria Augusta, mais uma vez agradeço pela entrevista.
Bjs

Meire

 
On 6 de abril de 2013 03:44 , Anônimo disse...

My familу аlwауs say that I am wasting my time here at net,
except Ӏ know I am gettіng knοw-how everydаy by reading thes goоd articlеs.


Heге is my site ... payday loans