26.10.09 | Autor: Maria Augusta

Nos dois últimos anos falei da FIAC, a feira internacional de arte contemporânea que acontece anualmente em Paris trazendo os artistas modernos e contemporâneos. Não se trata de uma exposição de museu, as galerias que os representam trazem suas obras para serem vendidas, logo o sucesso ou fracasso desta feira funciona como um termômetro do mercado da arte. A do ano passado aconteceu na época do pico da crise econômica, mas dizemque isto não a afetou muito. E a deste ano que aconteceu na semana passada (com 210 galerias e 4200 artistas) e que se encerrou ontem, foi considerada a mais bonita entre todas as feiras de arte moderna e contemporânea que aconteceram recentemente.

Não fui a Paris para vê-la, mas a acompanhei pela imprensa com atenção e a maioria dos comentários sobre ela dizem que foi uma feira "comportada" : nada de loucuras ou provocações, e segundo o jornal L'Express "...os stands apresentam então pouco de vídeo e de instalações intelecto-conceituais mas reservam uma parte importante à fotografia e à pintura, que afirma mais que nunca, sua supremacia. Sinal dos tempos? Poucas obras, seja qual for seu suporte, fazem eco às preocupações políticas ou sociais. A tendência é à abstração, às explorações gráficas, ao onírico ou ainda ao humor. Como se se quisesse absolutamente esquecer a morosidade ambiente..."

Uma grande atração desta FIAC 2009 foi o chamado "Projeto Moderno". Neste, as galerias "peso-pesado" da arte moderna e contemporânea trouxeram obras de qualidade "museal", o que foi um fato inédito para uma feira. Apresentaram Picasso, Léger,Bacon, de Brancusi, Calder, Mondrian, enfim nomes consagrados da arte do século XX.

E com esta FIAC soube que aqui em Nancy (quem diria...) temos uma galeria que se coloca entre as melhores da França e do mundo em termos de arte contemporânea, a "Art Attitude Hervé Bize"...preciso dar uma passada por lá rs. Mas vamos dar um passeio pela FIAC no vídeo abaixo, desta vez não tem coisas assustadoras, podem entrar tranquilos...

As fotos do vídeo são de Christine Barbe para o site OUVRETESYEUX.FR

E para quem aprecia a arte moderna e a arte contemporânea, recomendo enfaticamente o site da FIAC, este link AQUI aponta para a página dos artistas, clique nas miniaturas que lá estão para ver as obras, está muito bom!

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

14 comentários :

On 26 de outubro de 2009 19:19 , Eduardo P.L disse...

Maria Augusta,

obrigado e parabéns pela postagem, onde vou gastar horas para visitar TUDO!

 
On 26 de outubro de 2009 19:30 , Georgia disse...

Maria Augusta que beleza de post. Estou aqui me deliciando com o slide show do you tube. Coisas lindas.

E como eu aprendo vindo te visitar.

Parabéns.

Um beijao e boa noite

 
On 26 de outubro de 2009 21:31 , Lunna disse...

Eu confesso que estava esperando alguns exageros, mas pelo que li foi bastante "comum". Nada de excepcional, embora a maioria das críticas dizem que prevaleceu a arte...
Bacio

 
On 26 de outubro de 2009 23:13 , João Menéres disse...

MARIA AUGUSTA

Para quem (por culpa da comunicação social daqui) não se apercebeu desta FIAC, a tua postagem tem um valor acrescido.
Por isso, muito obrigado.
Também me deu a impressão que a Feira esteve mais contida.
Regozijo.me pelo facto.

Um beijo.

 
On 27 de outubro de 2009 08:33 , Maria Augusta disse...

Eduardo, no site deles tem muita coisa boa, dá para passar horas mesmo.
Abraços.

Georgia, este slideshow do youtube está bem completo, nem precisei fazer um.
Um beijão para você.

Lunna, o que houve de excepcional nesta FIAC foi o "Projeto Moderno", com os nomes consagrados. Quanto aos outros, desta vez não houve extravagâncias nem provocações, mas prefiro assim, estava muito bonita.
Beijos.

João, eles apostaram em algo mais "vendável", pois aquelas grandes instalações chamam a atenção e chocam, mas ninguém compra. Eu também gosto mais quando são mais contidos.
Um grande abraço.

 
On 27 de outubro de 2009 14:08 , Regina d'Ávila disse...

Que delícia!!
Ah amiga...só mesmo um post seu...para nos instigar...Fiquei imaginando mil formas...mil nuanças.
Se não vamos à Paris...Você nos ajuda... trazendo as novidades e encantos..
Obrigada...Realmente maravilhoso!!

Beijos carinhosos,
Rê.

 
On 27 de outubro de 2009 15:23 , ElmaCarneiro disse...

Muito importante esse evento que nos dá a real situação das artes atuais. Observei a preferência pelas instalações e acredito que é a arte que faz um show para o visitante como se fosse um desfile fashion de moda ou da arte de penteados. Gostoso para ver, mas terminado o show, todos vão para casa com aquelas sensações do reflexo do que viu.
Eu gosto sim das instalações de arte desde que ela me transmita a noção de “instalações intelecto-conceituais”,
O texto que você evidenciou do L'Express, foi de extrema importância. É isso mesmo ao pé da letra.
Amo Pierre Soulages com seu maravilhoso meio de se comunicar intelectualmente em formas livres e cores escuras iluminadas.
Obrigada por mostrar tudo isso. Seu blog fez um belo trabalho de divulgação para quem está do lado de cá, e digo francamente que comecei a me reencontrar no mundo das artes.
Tudo é motivo para reflexões. Não preciso ver na arte cenas de guerra e conflitos, pois eles já vivem entranhados na nossa visão no dia a dia. O bom expectador de arte procura ter outras visões mais voltadas para o intelecto, e ele precisa do nosso respeito.
Beijooo

 
On 27 de outubro de 2009 19:57 , Luma Rosa disse...

Maria Augusta, da arte contemporânea, gosto muito de Richard Jackson e vi que ele tem um trabalho exposto nesta feira. Ele é hiper lúdico e às vezes penso que não teve infância! Vi somente um trabalho dele no site. Não sei se o conhece - ele tem uma coleção chamada Dick's Ducks - uns patinhos engraçadinhos - veja http://www.theartnewspaper.tv/content.php?vid=314 - Espero que goste! Beijus,

 
On 27 de outubro de 2009 20:47 , Marco disse...

Fiquei eu aqui a imaginar os olhos da namorida ao apreciar essa exposição. Ela chegou a comentar comigo com aquele tom de lamentação por não estar em Paris, mesmo estando de certa forma por causa da novela.
Grande abraço

 
On 27 de outubro de 2009 21:31 , paçoca disse...

Maria Augusta,
obrigada por esta postagem. Adoro saber o que está acontecendo no mundo das artes. Adoraria ter estado em Paris para ver. Vou juntar dinheiro para ir a Paris ano que vem. Márcia

 
On 28 de outubro de 2009 08:41 , Maria Augusta disse...

Regina, para você que é artista, este tipo de feira deve trazer muitas novas idéias, é verdade, um panorama do que se faz no mundo inteiro.
Beijos.

Elma, que bom que você se reencontrou no mundo das artes, parece que a tendência atual é aquela que você salientou em um de seus posts, na direção da abstração e deixando de lado as críticas políticas e sociais.
Um beijão.

Luma, vou seguir teu link, acho que não conheço o artista que você citou.
Beijos.

Marco, é verdade que a Lunna se estivesse em Paris, os passos da Débora a levariam correndo para esta feira...
Um abração.

Paçoca, que bom, ir a Paris é sempre uma boa pedida, aliás estou precisando fazer isso rs.
Um beijão.

 
On 29 de outubro de 2009 12:15 , Ví Leardi disse...

Minha querida...ando com pouco tempo...por isto minhas visitas e postagens menos frequentes...mas vir aqui é sempre este prazer ...preciso voltar com calma... muita coisa boa para absorver..beijos

 
On 30 de outubro de 2009 19:12 , sonia a. mascaro disse...

Maria Augusta, você é a responsável pela minha atualização e informação no universo das artes plásticas! Seus posts são tão primorosos... posso imaginar o trabalho que dá para fazê-los. Ótimas imagens, ótimo vídeo. Gostei muito de "True Stories Paris 1".

Sempre que vejo pinturas, desenhos, retratando a Marilyn Monroe, fico imaginando como ela estaria hoje, com
83 anos...

Beijos e bom final de semana.

 
On 31 de outubro de 2009 08:42 , Maria Augusta disse...

Vi, venha quando puder, é sempre bom receber tuas visitas. Quanto a seus posts, vale a pena esperar por eles, são sempre maravilhosos.
Um grande beijo.

Sonia, vou seguindo a atualidade daqui e colocando no blog, que bom que vocês aproveitam também. Quanto à Marilyn Monroe, foi realmente uma pena ter desaparecido tão jovem.
Beijos e um bom fim de semana para você também.