29.10.09 | Autor: Maria Augusta

(Uderzo pour Le Figaro Magazine)

E o baixinho enfezado hoje está completando 50 anos. Nascido do gênio dos amigos Gosciny e Uderzo e destinado inicialmente ao público francês, ele apareceu juntamente com seu amigo Obelix em 1959, contrariando as pesquisas de opinião da época, que pediam "heróis" bonitos e jovens e que lidassem com problemas atuais. A proposta dos dois foi um personagem que caracterizava bem o francês típico : engraçado, resmungão e bon-vivant...e assim surgiu Asterix, que, para contrabalançar sua pequena estatura e esperteza, ganhou um amigo, Obelix, gordo e naïf.

(2009 Les Éditions Albert René/Goscinny-Uderzo) Fonte : Le Figaro

Criados os personagens principais eles os colocaram em um vilarejo gaulês com seus personagens típicos segundo o imaginario popular : um bardo, um druida, os guerreiros, e para completar o quadro o vilarejo se bate bravamente contra o invasor romano, cuja força é contrabalançada no lado gaulês pela poção mágica do druida...encarnando assim um outro traço do comportamento francês, a resistência contra a ordem estabelecida.Mas o que eles não esperavam é que o sucesso de Asterix e Obelix ultrapassasse fronteiras e fosse traduzido em 107 línguas, vendendo 325 milhões de exemplares.

(2009 Les Éditions Albert René/Goscinny-Uderzo)

E a saga Asterix vai continuar...mesmo depois do desaparecimento de Gosciny em 1977, Uderzo continuou com o projeto e já está "passando a bola" para a frente para que os simpáticos personagens continuem a existir para sempre...e para comemorar o meio século de Asterix, ele está lançando um álbum chamado "O Aniversário de Asterix, o álbum de ouro", que foi recebido com muitos aplausos pelos fãs...Um outro presente que Asterix e Obelix receberam foi um "relooking" : a pedido do jornal "Le Figaro" alguns costureiros (Sonia Rykiel, Christian Lacroix e a dupla Marithé e François Girbaud) os vestiram para adaptá-los para os dias atuais. Clique na imagem abaixo e depois nas seguintes para ver o resultado...

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

16 comentários :

On 30 de outubro de 2009 01:44 , João Menéres disse...

A tua postagem está magnífica, MARIA AUGUSTA.
Mesmo eu, que nem na juventude consegui apreciar a BD, gostei de ver a evolução.

Um beijo.

 
On 30 de outubro de 2009 08:11 , Georgia disse...

Que boa lembranca Maria Augusta!

Todos nós aqui em casa somos fas. Li muito das revistinhas e agora que os filmes existem assistimos com os nossos filhos e damos muita risada. Assim como achei perfeito os artistas principais que foram escolhidos.


Bom fim de semana

Um grande beijo

 
On 30 de outubro de 2009 09:40 , Eduardo P.L disse...

Merecida comemoração! Um ponto alto do desenho de humor!
Parabéns pelo post, que mais uma vez, é único!

 
On 30 de outubro de 2009 12:07 , Lunna disse...

Não sei porque (rs) mas tenho eu que dizer "já não se fazem mais desenhos como antigamente"...
Adorava esse desenho, era diversão certa nas minhas manhãs durante meus primeiros anos. Não faz tanto tempo assim, quer dizer, isso depende do olhar de cada um,não? rs
E seguimos o ritmo de buscar o antigo porque o novo tem desapontado e muito ultimamente. Bacio carissima

 
On 30 de outubro de 2009 12:32 , Wania disse...

Maria Augusta

Tudo que é bem feito, sobrevive ao tempo!!!
Amei o post e o new look deles, então, está show...rsrsrs!!!!!!



É sempre muito bom dar um pulinho na França, logo cedo e partilhar deste teu espaço tão rico!

Um final de semana iluminado pra ti
Bisous

 
On 30 de outubro de 2009 16:58 , tertulías disse...

Soube ontem do aniverário de Asterix! Daqui de Viena, mes parabéns! (Adorei seu Blog - vou voltar!)

 
On 30 de outubro de 2009 19:00 , sonia a. mascaro disse...

Muito oportuno o seu post, Maria Augusta. Vi ontem na Globo News uma matéria sobre os 50 anos da personagem. Confesso que li pouco Asterix, mas reconheço a sua importância no universo dos HQ.

Sobre o Circo, quando pensei em ir assistir, ele já tinha levantado acampamento... Obrigada pelos elogios às fotos!

Sobre o Ecological Day, a Mylla Galvão (que até então eu não conhecia) se propôs à hospedar o Ecological Day, com o que concondei, agradeci e desejei boa sorte! Da minha parte, vou apenas participar.

Beijos e um ótimo final de semana para você.

 
On 30 de outubro de 2009 23:34 , Celia disse...

Muito bom o post. Meu marido e filha adoram eles. Bom fim de semana. Bj

 
On 31 de outubro de 2009 08:32 , Maria Augusta disse...

João, eles evoluiram muito mesmo nestes 50 anos. Felizmente não vão acabar com o desaparecimento dos autores pois Uderzo já está preparando alguém para sucedê-lo no desenho.
Um grande abraço.

Georgia, os filmes também são muito bem feitos, né? Adorei os trechos que vi deles.
Um beijão.

Eduardo, o ponto alto desta BD é o humor, sem dúvida.
Um abração.

Wania, o novo look deles foi uma brincadeira proposta pelo jornal "Le Figaro" para o aniversário de 50 anos, pedindo a alguns costureiros para vesti-los para os dias atuais.
Beijos e um bom fim de semana para você.

 
On 31 de outubro de 2009 08:38 , Maria Augusta disse...

Lunna, é mesmo, estes desenhos acompanharam uma geração e continuam atuais.
Um beijão.

Tertulias, obrigada pela visita vindo da linda Viena.
Um abraço.

Sonia, que bom que o Ecological Day vai continuar, de toda forma eu sempre o segui mesmo quando não era mais uma coletiva.
Um grande beijo.

Célia, espero que você já esteja melhor.
Beijos e um bom fim de semana para vocês também.

 
On 1 de novembro de 2009 02:05 , Deusa disse...

MARIA AUGUSTA QUERIDA
Que delicia nos proporcionou relembrando nosso Asterix
ameiiiiiiii
me lembrei do Chatotorix .....aquele que cantava
HAHAHAHAHAHAH
PARABENSSSSSSS EXCELENTE LEMBRANÇA
Abraço Bem Apertado

 
On 1 de novembro de 2009 06:01 , Allan Robert P. J. disse...

Sempre fiquei em dúvida: sou baixinho e enfezado (às vezes) como o Asterix; glutão e naif (às vezes, também) como o Obelix. A única certeza é que completo os mesmos cinquenta anos ainda em 2009 e adoro o sentido de luta e liberdade dos nossos heróis gauleses. Por Tutatis! :)

 
On 1 de novembro de 2009 13:22 , ElmaCarneiro disse...

"E a saga Asterix vai continuar" porque o que é bom sempre se eterniza.
Um sucesso.
Beijoo

 
On 1 de novembro de 2009 21:43 , Fatima Cristina disse...

Maria Augusta,
Asterix e Obelix não podem morrer!
Eles fazem parte do nosso mundo de diversão inocente.
Meus filhos (agora com 9 e 11) adoram escutar os CDs de estórias dos dois. E eu também, é claro!
Fazemos isso em viagens longas de carro. O tempo voa!
Ótimo post.
Beijos!

 
On 3 de novembro de 2009 09:34 , Maria Augusta disse...

Deusa, que legal receber tua visita. Aquele cantor é chato mesmo, ninguém aguenta rs.
Um beijão para você.

Allan, por Tutatis, você não teria sangue francês, por acaso rs?
Um abração.

Elma, é verdade, personagens assim não envelhecem, são sempre atuais porque são bons.
Um grande beijo.

Fatima, felizmente Uderzo está preparando a sucessão, logo eles vão perdurar, esperemos que os que vão continuar levando a BD sejam tão bons quanto os "pais" de Asterix e Obelix.
Um beijão.

 
On 20 de março de 2010 23:29 , Anônimo disse...

I was looking for Baby Cribs and was wondering if PoshTots is the best designer for Baby Cribs?