17.6.09 | Autor: Maria Augusta

Você conhece a Bahia? Eu a conheci há pouco tempo atrás e fiquei encantada! Também pudera, fomos até lá acompanhados pela minha irmã Aninha, que é uma apaixonada e grande conhecedora de todo o Nordeste brasileiro. Pois é, ela recentemente lançou um livro "BAHIA", na série "GTB Guia do Turista Brasileiro" da Editora Conteúdo, no qual ela transmite seu conhecimento e sua paixão por este estado brasileiro.

O resultado é que seu livro tem tudo que deve constar em um guia como pontos turísticos, endereços de hotéis, e meios de transporte voltados para todo tipo de público, seja para o gastador ou o econômico, seja para o aventureiro ou para o romântico, seja para o que procura conhecer a cultura ou para os que buscam o esoterismo na região.Tem também termos de baianês, como por exemplo "mangar" (caçoar), "arerê" (festa), "dar um cheiro" (beijar)... Até a média de temperaturas e de precipitações anuais no estado ela colocou, para que o leitorminimize a possibilidade de pegar chuvas lá...

Mas não é só isso, para cada atração, ela traz o contexto geográfico e histórico e também o folclore e as lendas que a cercam. Durante a leitura, além dos encantos de Salvador e suas festas tradicionais, vamos percorrendo as trilhas da Chapada Diamantina descobrindo a história do primeiro diamante que foi descoberto em Mucugê...mergulhando à procura das cavernas subterrâneas e dos navios naufragados e ouvindo o canto das baleias em pleno namoro no arquipélago dos Abrolhos...visitando o Rio das Contas em Itacaré (onde a lenda diz que os piratas se escondiam)...conhecendo as pinturas rupestres no Morro do Chapéu...percorrendo o Rio São Francisco com suas carrancas...comendo uma moqueca de urutu em Mangue Seco...passeando de barco no "Pantanal da Chapada" (Marimbus), apreciando em Carauva o espetáculo da lua cheia em uma cidade sem iluminação noturna, ou visitando a Machu Pichu brasileira (Igatu) com suas ruas e casas de pedra e sua "cidade fantasma"...

Durante a leitura, fiquei sabendo que personagens como Maria Quitéria (que se vestia de homem para lutar) e Ana Néri (a primeira mulher que recebeu um diploma de enfermeira no Brasil) são baianas da cidade de Cachoeira...que entre esta cidade e Salvador passamos por Santo Amaro da Purificação onde mora a mãe de Caetano Veloso e Gal...a história da ascensão e queda do cacau, o ouro negro...a luta pela independência do Brasil que se concentrou na Bahia... a existência até hoje em Ilhéus do Bar Vesúvio e do Bataclan, que foram imortalizados por Jorge Amado...e tanto este escritor quanto cada um dos outros ilustres personagens baianos (e olhe que não são poucos), como Caymmi, Castro Alves, Mãe Menininha do Gantois, tem suas vidas assim como suas obras explicadas de forma clara e concisa, desenhando assim um panorama completo da Bahia, sua história, suas paisagens, sua cultura e sua gente.

E então, como diz a canção de Caymmi "Você já foi à Bahia? Não? Então, vá, viu?" E leve no bolso o livro da minha irmãzinha Aninha Gonçalves!



Saiba mais sobre o livro aqui :

Bahia (1a. edição, 2009)
Aninha Gonçalves
Preço de capa: R$ 43,00
280 páginas
ISBN 978-85-99081-13-6


Categoria: |
You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

16 comentários :

On 17 de junho de 2009 15:56 , Adelino disse...

Maria Augusta, não conheço a Bahia, mas tenho um irmão que morou lá durante uns três anos. E lá nasceram seus três filhos baianos, com muita honra. É uma terra maravilhosa, e que artistas produz!
Um abraço. Feliz quarta-feira.

 
On 17 de junho de 2009 16:16 , Natasha Dias disse...

Maria Augusta ,
Eu conheci a Bahia, de fato uma lugar magnifico...
Muito lindo seu espaço,parabéns!
Sucesso a vc e a sua irmã...
Parabéns pelo livro!

 
On 17 de junho de 2009 17:29 , Georgia disse...

Maria Augusta eu conheci a Bahia com 18 anos. Foi para mim uma experiência única, mágica, encantadora porque ela é diferente de tudo que eu tinha visto naquela época.

Visitei tudo isso que você mencionou e aina Itapoa, passar uma tarde em Itapoa, como diz a música, eu passei o dia, rs.

Comi de tudo por lá pois queria conhecer outros sabores.

Espero que a Aninha aceite o nosso convite para uma entrevista lá no O que elas estao lendo. Teremos o maior prazer em tê-la conosco lá falando desse livro que deve ser fantástico.

Lindo o post. Linda as imagens. A do barco e o mar entao, nem me fale.

Ah, você visitou as igrejas ou alguma delas. Todas talhadas em ouro, fiquei simplesmente fascinada.

Um grande beijo

 
On 17 de junho de 2009 17:42 , Georgia disse...

Maria Augusta. você conhece o blog da Mariana?

Ele vive ai pertinho de você também.

Quem sabe depois que vocês se conhecerem através de blogs para blogs, rs. Nao ficam amigas?

http://aquinameuse.blogspot.com/

Ela, como vc coloca lindas fotos lá.

Um abraco

 
On 17 de junho de 2009 17:54 , Lunna Montez'zinny disse...

Boa tarde Maria Augusta, eu conheci a Bahia há alguns anos atrás e confesso que não gostei. É muito quente pra mim, sem contar que todos os cheiros que encontrei por lá me deixaram atordoada. Mas acho muito interessante a literatura que vem de lá...
Eu lembro que uma amiga minha comeu algo com azeite de dendê lá e passou dias mudando de cor, eu ficava zonza só com o cheiro. kkkkkk
Beijos carissima

 
On 17 de junho de 2009 18:07 , Marco disse...

Boa tarde, eu morei em Recife durante um bom tempo, fiz engenharia na Universidade Federal de Recife porque era a unica que me permitia trabalhar e estudar ao mesmo tempo, coisa que a saudosa Politécnica não me permitia de forma alguma.
Me casei por lá e tive dois filhos, um deles nasceu em Salvador durante um final de semana que era para ser de tranquilidade. Tenho saudades de lá e já pensei em passar férias por lá, mas como vc viu no comentário anterior, será pouco provável que isso aconteça, mas vou gostar de ler o livro, ao menos dá pra matar um pouquinho da saudade.
Grande abraço

 
On 17 de junho de 2009 21:36 , sonia a. mascaro disse...

Maria Augusta,
Eu conheci Salvador quando estava no colegial e adorei! Fomos de carro de São Paulo até Salvador, conhecendo várias cidades. Uma delas nunca esqueci: Feira de Santana. Comprei tantos objetos lindos de barro e de couro...

Seu post têm ótimas fotos e um fundo musical especial! Você sempre se esmera! E sei como dá trabalho fazer um post assim no capricho!

O livro da sua irmã deve ser ótimo! Parabéns para ela!
Bjs.

 
On 17 de junho de 2009 22:16 , Eduardo P.L disse...

Maria Augusta,

parabéns pelo novo Guia! E pela oportuna postagem. Eu já fui.

 
On 17 de junho de 2009 22:29 , Mariana disse...

Pois eh, como disse a Maria Augusta, moro pertinho de Nancy, em Commercy e meu marido trabalha em Nancy. Talvez eu tambem trabalharei lah no ano que vem... Vamos tomar um cafe?
Devo passar esses dias por Nancy...

 
On 17 de junho de 2009 23:46 , expressodalinha disse...

Estive em Salvador em 2007 e adorei. Na altura publiquei uma série de posts, mas ainda estava muito verde no blogue. Um dia destes volto lá. Daqui de Portugal há ligação directa.

 
On 18 de junho de 2009 07:08 , Maria Augusta disse...

Adelino, eu também gostei muito do lugar e do ambiente caloroso da Bahia.
Abraços.

Natasha, obrigada pela visita e pelos votos de sucesso para o livro da minha irmã.
Um beijo.

Georgia, é um lugar fascinante, cheio de magia, cultura e misticismo. Já transmiti à minha irmã teu convite para uma entrevista no "O que elas estão lendo".
E legal você ter descoberta mais uma blogueira aqui no leste da França, Commercy é bem perto de Nancy.
Beijos.

Lunna, conheço poucas pessoas que não apreciam a Bahia, mas isto não se discute, gosto é gosto. Eu também não sou fã do azeite de dendê, mas todo o resto me fascina.
Um beijão.

Marco, você construiu uma vida no Nordeste, imagino que conheça bem tenha muitas lembranças de lá. Quem sabe você convence a lunna a ir passar férias la rs?
Abraços.

 
On 18 de junho de 2009 07:19 , Maria Augusta disse...

Sonia, é verdade que a Bahia não é só Salvador, tem várias outras atrações, como Feira de Santana como você citou. Eu acho que o livro ficou muito bom, bem abrangente em relação à cultura e aos passeios que se pode fazer na Bahia.
Um beijão.

Eduardo, obrigada pelas gentis palavras.
Abraços.

Mariana, que legal que você vai vir trabalhar em Nancy. Me avise quando vier, nestes dias estou meio sobrecarregada mas espero que não faltará oportunidade para tomarmos um café juntas na terra de Stanislas.
Beijos.

Jorge, para você que gosta de história, a Bahia é um "prato cheio"...e de quebra tem as paisagens e o calor humano. Não sabia que de Lisboa existe vôos diretos, que bom!
Abraços.

 
On 18 de junho de 2009 15:08 , Elma Carneiro disse...

Eu já fui à Bahia sim Maria Augusta, e ainda na época do carnaval.
Pude conhecer toda a alegria do baiano que é contagiante.
Conheci Salvador frequentava a Praia dos Coqueiros e mais algumas outras.
Linda sua postagem, completa e obrigada pelas dicas.
Beijos.

 
On 19 de junho de 2009 08:10 , Meire disse...

Que maravilha!
Maria Augusta, conheci Salvador e Ilheus, e tive oportunidade de comer kibe no Bar Vesuvio.

O livro da tua irma esta a venda em qualquer livraria ou precisa ser encomendado?

Bjs
Meire

 
On 19 de junho de 2009 15:18 , Ví Leardi disse...

...inesquecível minha estadia em Itaparica....Linda terra esta nossa!!! parabéns. Beijos e bom fim de semana!

 
On 19 de junho de 2009 17:30 , Anônimo disse...

Augusta, já te falei o quanto amei esta postagem sobre o guia Bahia. Agora esclareço aos interessados em comprá-lo que está à venda nas livrarias: Cultura, Fnac, Siciliano, Saraiva, Travessa (RJ), Curitiba (PR), Leitura (MG) entre outras. Algumas dessas livrarias oferecem serviço de vendas on-line.
Beijos a todos e aproveitem, que "a Bahia tem um jeito que nenhuma terra tem"
Aninha