21.2.10 | Autor: Maria Augusta

Escrevi este agradecimento ao Rolando Palma no ano passado, quando recebi dele como presente esta imagem que sintetizava este blog publicada no "Entreblogs"...pois ele tinha esta capacidade, de captar a essência das coisas a partir do que escrevíamos e traduzi-la sob a forma de imagens e escritos. Cada vez que ele passava por aqui com seus comentários sempre pertinentes e plenos de filosofia, sempre enriquecia este cantinho.

Qual a diferença entre mares e oceanos? Deve haver uma explicação, mas qual é a importância se ambos abrigam as estrelas-do-mar e inspiram os poetas, não é mesmo? Como por exemplo este poema de Fernando Pessoa que descreve tão bem a alma portuguesa :

Mar Português

"Ó mar salgado, quanto do teu sal
São lágrimas de Portugal!
Por te cruzarmos, quantas mães choraram,
Quantos filhos em vão rezaram!
Quantas noivas ficaram por casar
Para que fosses nosso, ó mar!
Valeu a pena? Tudo vale a pena
Se a alma não é pequena.
Quem quer passar além do Bojador
Tem que passar além da dor.
Deus ao mar o perigo e o abismo deu,
Mas nele é que espelhou o céu"

Porque hoje estou falando de mares e de Portugal? Porque ambos os assuntos são fascinantes e também para agradecer ao amigo Rolando, do blog Entremares, que colocou este blog entre os três que ele considera os mais criativos, me presenteando com a linda imagem que ilustra este post. Ele navega Entremares, Entreartes, Entremúsicas, Entrefilmes, Entrefotos, sempre com muito talento e elegância, e ainda tem tempo para gestos atenciosos como este em relação aos outros blogs. Muito obrigada, Rolando!

Difícil de acreditar que ele não está mais no nosso mundo real, nem no nosso mundo virtual, que passou a uma outra dimensão. Prefiro acreditar que um ser humano e um intelecto que oferecem tanto, como ele nos oferecia, não desaparecem...E ele que viveu "Entremares", "Entreoceanos" (que ele atravessava para ir ver sua querida Regina), nos deixou "Entre Estrelas"...representadas pelas centelhas de seu talento que ele tão generosamente distribuiu na blogosfera. E que cada vez que nos depararmos com um de seus contos ou mesmo com um de seus sábios comentários sentiremos sua presença. E ele, onde estiver, ele deve estar concordando com o que diz Fernando Pessoa no poema acima : "Tudo vale a pena se a alma não é pequena"...

Meus sinceros sentimentos a seus familiares, assim como à Regina e a seus entes queridos.

E obrigada ao Eduardo e ao Jorge por terem reativado a "Tertúlia Virtual", nos reunindo para esta homenagem...

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

24 comentários :

On 21 de fevereiro de 2010 19:04 , Wania disse...

Querida Maria Augusta

Linda e merecida a homenagem que o Rolando te fez, parabéns aos dois. A ilustração que ele fez consegue captar bem o espírito do teu cantinho: lindo, criativo, inteligente e tudo regado com muito charme, típico de uma francesa, ou melhor dito, de uma brasileira que mora na França.

Lindos mares, belas fotografias. Merecem tb todo o nosso cuidado e o nosso respeito, sempre!


Entremares, apesar dos mares, pelos mares esta imensa blogosfera vai unindo amigos...
Belo post.

Bjs

 
On 21 de fevereiro de 2010 21:09 , João Menéres disse...

Onde estão as setas que as não vejo, MARIA AUGUSTA?

O ROLANDO, além de Artista, e de técnico expert, é um CAVALHEIRO que sabe distinguir e destacar este CÔTÉ !

Um beijo.

 
On 21 de fevereiro de 2010 21:26 , Tertúlias... disse...

Linda postagem!!!!!!!! Os mares....

 
On 21 de fevereiro de 2010 22:49 , Lunna disse...

Diferenças existem, mas quais?
Vejo o olhar ao longe na linha do horizonte e penso em mar aberto, logo, o identifico como sendo horizonte. Então abraço a areia branco com os pés e desenho ali a solidão que navega pela minha pele. Penso em mar também, mas alguns chamam de praia. Então vem a onda de outros mares abraçar a paisagem e desabrochar na praia e o silêncio que há nessa composição encanta e não se preocupa com as diferenças. Logo o mar me fascina, tanto quanto fascinou (de forma obsessiva) Cecília, Pessoa e tantos outros. Mas o que fascína mesmo é o desenho de mar que trago comigo e esse é só meu e nem se trata de egoísmo, rs
Linda semana para ti carissima

 
On 22 de fevereiro de 2010 01:08 , Regina d'Ávila disse...

Linda e merecida homenagem..
Ficou fantástico!!
Com toda sua delicadeza e o carinho do Rolando.
Parabéns aos dois.
Super beijos e linda semana amiga,
Regina d’Ávila.

 
On 22 de fevereiro de 2010 08:17 , Georgia disse...

Marai Augusta, linda homenagem e perfeitamente merecida.

Você já sabe o que penso do seu blog, pois já escrevi isso aqui e continuo assinando embaixo.

Admiro sua capacidade de postar em alta qualidade nos presenteando com um belo espetáculo visual e informativo.

As imagens sao lindas e neste final de semana assistimos uma entrevista linda e bem completa sobre o filme. Iremos com o Daniel pois deve ser algo fascinante.

Boa semana

Um grande beijo

 
On 22 de fevereiro de 2010 08:18 , Georgia disse...

Joao, às setas estao na tela, na parte de baixo, clica para ir passando as imagens.

Um abraco

 
On 22 de fevereiro de 2010 08:38 , Maria Augusta disse...

Wania, a ilustração ficou realmente muito bonita, ele colocou esta dualidade brasileira e francesa, tem até a bandeira paulista.
Um beijão.

João, o Rolando é um cavalheiro mesmo. Olha, as setas estão em baixo das imagens, talvez você tenha problemas para vê-las porque navega com um Mac, não testei este tipo de diaporama nele. Vou te mandar as fotos por e-mail.
Abraços.

Tertúlias, os mares enccantam e fascinam sempre, né? Mesmo quando são na verdade oceanos.
Um abração.

Lunna, teu comentário prova que o mar inspira os poetas, que bonito!
Um grande beijo.

Regina, é verdade, o Rolando além do talento tem um grande carinho pelos amigos da blogosfera.
Um beijão.

Georgia, este filme além de informativo é muito bonito. Obrigada pelas gentis palavras sobre este blog e por ter respondido à pergunta do João.
Um grande beijo.

 
On 22 de fevereiro de 2010 19:20 , Fatima Cristina disse...

Maria Augusta!

Boa conexão entre o trabalho do Rolando e o filme Oceans. Ambos são certamente merecedores de um post. quero ver o filme com os meninos também.

Beijos!

 
On 23 de fevereiro de 2010 12:14 , Marco disse...

Devo concordar com a questão da criatividade com relação ao seu blog, sem dúvida.

Eu não gosto muito do mar, mas gosto da forma como alguns poetas falam dele.

Grande abraço

 
On 23 de fevereiro de 2010 19:29 , expressodalinha disse...

E porque não Entrecomas? Os Oceanos estão a morrer.

 
On 24 de fevereiro de 2010 09:09 , Maria Augusta disse...

Fátima, para as crianças este filme é muito instrutivo, além de ser muito bonito.
Um beijão.

Marco, os mares e oceanos inspiram os poetas pela imensidão e também pelas histórias e dramas em torno dele, é verdade.
Abraços.

Jorge, os oceanos estão sendo maltratados e no entanto são uma grade esperança para nutrir o planeta quando as fontes terrestres estiverem esgotadas.
Um abração.

 
On 24 de fevereiro de 2010 17:47 , Luma Rosa disse...

Sou apaixonada pelo mar e tudo que se refere à ele. Poderia morar no mar, ou quem sabe, voltar peixinho na próxima reencarnação. Hum, pensando melhor, não! O mar, mais do que belo também guarda perigos!!

Parabéns pela homenagem! Vou acessar o doc. que indicou; as imagens são maravilhosas!

Maria Augusta, se tiver oportunidade, assista "Mar sem fim", um diário de bordo de Amyr Klink. Além das informações é também 'viajante'.

Boa semana! Beijus,

 
On 25 de fevereiro de 2010 09:16 , Maria Augusta disse...

Luma, que bom que você está de volta. Sei quanto você aprecia o mar, tuas fotos submarinas são sempre fantásticas.
Um grande beijo.

 
On 25 de fevereiro de 2010 18:31 , Mafalda disse...

Olha desculpa a invasão.
Tenho sempre receio de entrar em espaços onde não me conhecem, mas não resisti.
Cheguei até aqui através da Regina d'Avila.

Adorei este seu post... as fotos lindissimas
Faz muita pena que não se faça mais e mais para preservar tudo isto não é mesmo?
A diferença entre mar e oceano creio que será uma questão de extensão????

Conheço o blog de Entremares muito completo sem dúvida.

Lá no meu blog tenho um desafio a correr, se quiser espreitar e participar teria muito gosto.
Fica o convite.
Fica bem
Mafalda

 
On 26 de fevereiro de 2010 16:45 , sonia a. mascaro disse...

Maria Augusta,
Em primeiro lugar, parabéns pela homenagem do blog Entremares. Vou lá conferir.

Acho lindo esse poema do Fernando Pessoa, principalmente quando ele diz que "Tudo vale a pena se a alma não é pequena". Quanta poesia e sabedoria.

Uma beleza de post, com imagens lindas no diaporama e boa dica do documentário. Vou ver se encontro no vídeo aqui em Avaré.
A "bola" de peixes é incrível! E como é curioso aquele peixe com uma testa e um queixo protuberante...

Obrigada pela sua constante visita e tão carinhosos comentários no meu blog!
Um ótimo final de semana.
Beijos.

 
On 27 de fevereiro de 2010 11:08 , Georgia disse...

Bom fim de semana, Maria Augusta.

Beijos

 
On 27 de fevereiro de 2010 20:05 , Diz disse...

Lindas fotos. Ah! o mar- hj ameaça de tsunami me atormenta- acho terrível isto- www.twitter.com/luciamalla
está no Havai,deus meu! alerta tsunami.

 
On 4 de março de 2010 19:43 , marialynce disse...

Lindo diaporama Maria Augusta. Fiquei muito curiosa porque é diferente do habitual, parece ter outras potencialidades e fui logo tentar fazer um, mas ainda não consegui publicar!...

Parabéns ao blog Entremares pela justa homenagem que este lhe fez!A ilustração é bem interessante!

Afinal mar é tudo e os oceanos são só alguns.E Fernando Pessoa lá sabia!

Grande beijo.

 
On 10 de agosto de 2011 00:54 , Wania disse...

Maria Augusta,

É difícil de acreditar meeesmo!
Triste o sentimento que nos une nesta hora, mas bonito de ver a rede de amor que se forma na blogosfera em torno do amigo Rolando!

Que Ele receba cada palavra em forma de carinho e consolo, bem as famílias envolvidas.


Apesar da situação é bom te ler outra vez, amiga!
Bj grande,
Wania

 
On 10 de agosto de 2011 02:53 , Sandra disse...

Um encontro cheio de amoções para homenagear aquele que tanto contribuiu e participou da vida de minhas pessoas, na blogsfera. Muitas vezes não encontrasmos palavras para expressar este sentimento, então deixamos o silencio guardado no coração.É com muito carinho que nos reunimos neste dia para prestar esse último carinho a uma grande Pessoa chamada Rolando Palma.

"A morte é só uma mudança de estado.
Depois dela, passamos a viver em outra dimensão"

Sandra

 
On 10 de agosto de 2011 13:28 , Eduardo P.L disse...

Maria Augusta,

quanta saudade!
Obrigado por ter participado.
O Rolando deve ter gostado, particularmente, de sua Homenagem a ele!

Bjs

 
On 11 de agosto de 2011 04:36 , Cartas de Julieta disse...

Maria Augusta,

Bem o disseste:"difícil de acreditar que ele não está mais no nosso mundo real".

No entanto, está, hoje, mais vivo que nós...

Voltarei para conhecer esse teu espaço, com mais calma. Bjs

 
On 11 de agosto de 2011 06:55 , Fatima Cristina disse...

Maria Augusta,

Fico muito feliz em ver que você homenageou o Rolando duplamente:
1. Com uma participação nesta tertúlia especial: e
2. Com um retorno (será que posso chamar assim?) de sua interação na blogosfera.

Foi muito triste o ocorrido nas vidas de Rolando e Regina.
Rolando partiu e Regina está em pedaços...
Um pesadêlo dos bons.

Maria Augusta, prometa que você voltará a comentar antes de outro partir entre nós? Que tal?
Temos saudades!

Beijos!