4.1.10 | Autor: Maria Augusta

Ano Novo, vida nova? Mais uma ótima razão para reativarmos nossos hábitos agradáveis e reabrir com prazer esta nossa "sala de visitas" para receber os amigos e com eles trocar idéias, informações e principalmente esta energia positiva que nos faz tanto bem. Espero que todos tenham passado excelentes Festas e estejam com as baterias carregadas de amor e de otimismo para realizar seus projetos neste ano de 2010. De minha parte, estes dias de férias foram bastante repousantes, passeei, pus a leitura em dia, realizei experiências inéditas, fui ao cinema, aos poucos irei contando aqui o que fiz e vi de interessante neste período de frio brbrbr e neve por aqui...

E por falar em cinema e leitura, vi um filme que é pura magia...ouvi falar dele na na televisão, é dedicado principalmente ao público infantil, mas a beleza e a delicadeza das imagens me deram vontade de ir assisti-lo. Trata-se de "Kerity, a casa dos contos", um desenho animado francês cuja autora é Rebecca Dautremer. A história é assim :

Era uma vez um garotinho chamado Natanael...ele era muito inteligente, conhecia de cor o alfabeto, mas não conseguia unir as letras para poder formar as palavras, o que o deixava muito triste. Ele tinha uma tia que ele adorava chamada Eleonore, que passava horas narrando contos de fadas para embalá-lo. Esta, deixou como herança para ele a chave de um cômodo secreto da casa, onde ninguém nunca havia entrado antes...e nele penetrando Natanael teve uma grande surpresa.

Era uma imensa biblioteca, com as edições originais de Pinóquio, O Pequeno Polegar, Peter Pan e o Capitão Gancho, Chapeuzinho Vermelho e o Lobo Mau, Alice no País das Maravilhas, enfim as histórias de todos os heróis que povoam a imaginação infantil. E a surpresa foi ainda maior quando eles se materializaram saindo de seus livros, para pedir socorro a Natanael, pois devido a um feitiço se um ser humano não lesse a frase que estava inscrita na entrada da biblioteca até meia-noite todos eles iriam desaparecer para sempre dos livros e da memória de todos...

Imaginem a aflição do pobre Natanael, pois ele não sabe ler e além disto seus pais são obrigados a vender os valiosos livros ao vilão Pictout (Rouba Tudo) para pagar os estragos que a velha casa da tia Eleonore sofreu durante uma tempestade. Então a história se desenrola em torno da aventura de Natanael (que foi reduzido pela bruxa malvada ao tamanho dos personagens) que enfrente a hostilidade do mundo "dos grandes" para recuperar os livros e voltar a tempo à biblioteca, para tentar decifrar a frase salvadora, com a cumplicidade de sua irmã Angélica, do tio Adrien, e de todos os pequenos personagens dos contos. Mas felizmente o filme tem um final feliz, e na última badalada de meia-noite, ele consegue ler a frase :

"Ce n'est pas parce que c'est inventé que ça n'existe pas"!

("Não é porque algo é inventado que não existe"!)

Foi um bom momento de sonho e magia para começar o ano, e principalmente de incentivo à leitura, o que é sempre válido para os pequenos e para os grandes também...


You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

21 comentários :

On 4 de janeiro de 2010 14:57 , Eduardo P.L disse...

Maria Augusta,

que bom que esta de volta! Sqaiba que vc faz muita falta! O Varal sem seus comentários, pertinentes e diários, não é o mesmo!
Espero que 2010 seja recheado de contos maravilhosos como do seu filme!

Bjs

 
On 4 de janeiro de 2010 16:03 , Georgia disse...

Boa tarde Maria Augusta!

Senti muito a sua falta e foi bom saber que vocês aproveitaram bastante esses dias de férias, nós também aproveitamos muito.

Que linda estória e que beleza de imagem, vou ficar atenta se vai passar por aqui para levar às criancas para assití-lo.

Um grande beijo minha querida

 
On 4 de janeiro de 2010 17:18 , Francy´s Oliva disse...

Bom chegar aqui e encontrar novas palavras. Gostei muito da leitura dessa tarde. Seja bem vinda. Beijitos

 
On 4 de janeiro de 2010 17:42 , Kovacs disse...

Maravilhosa indicação, fiquei fascinado pela história do Natanael e quero muito mostrar ao meu filho que passa agora pelo aprendizado da leitura (é claro se ele der uma pausa nos filmes e desenhos "tradicionais").

 
On 4 de janeiro de 2010 21:23 , sonia a. mascaro disse...

Maria Augusta,
Foi bom saber que você aproveitou as férias e já está de volta ao nosso convívio. Você faz muita falta!

Desconhecia esse filme "Kerity, a casa dos contos" e fiquei curiosa para vê-lo. Vou verificar se já há em DVD.

Desejo para você e todos os seus familiares um Ano Novo repleto de alegria, saúde e felicidade.
Beijos carinhosos.

 
On 4 de janeiro de 2010 21:47 , Wania disse...

Oooii, Maria Augusta
Minha amiga querida!

Que bom te ter de volta!
Que história liiinda, me encantei só deste pedacinho que mostrastes! Fiquei louca para ver...

Lindo post para se começar o ano!
Que 2010 sejá muito bom pra todos nós!

Bjssssss

 
On 4 de janeiro de 2010 22:46 , Celia disse...

Maria Augusta querida, que bom que vc está de volta depois de todos esses dias. Eu tb tirei férias daqui alguns dias.
Espero que vc tenha tido um natal bem feliz e uma entrada de ano ainda melhor.
Desejo a vc muitas alegrias, realizacoes, sucesso e muita saude no novo ano.
Vamos continuar aqui juntinhas, pois estarei sempre por aqui. Bj

 
On 5 de janeiro de 2010 00:23 , Fatima Cristina disse...

Oi Maria Augusta!

Pelo visto não fui só eu que senti a sua falta em visitas e comentários.
Vejo que você começou o ano com força total! Que bom!

Valeu pela indicação do filme. Vou assistí-lo quando passar aqui.

Um grande beijo!

 
On 5 de janeiro de 2010 09:29 , Maria Augusta disse...

Eduardo, o Varal é uma parada diária muito agradável nos meus passeios pela blogosfera. Obrigada pelos votos e te desejo também tudo de bom neste ano que se inicia.
Um abração.

Georgia, é sempre bom dar uma parada para recarregar as baterias, né? Que bom que vocês também aproveitaram bem a de vocês. Este filme vale a pena mesmo, principalmente para a idade da Vivi. Para os "grandes", vale pela beleza do desenho e pela doçura da mensagem.
Um grande beijo.

Francy's, que bom que você gostou, te desejo um Ano Novo muito feliz e pleno de belas realizações.
Beijos.

Kovacs, imagino que teu filho vai gostar, pois o tema é o incentivo à leitura, e filhinho de peixe...rs.
Um grande abraço para você.

Sonia, as férias foram boas, mas é muito bom voltar à blogosfera e ao convívio de vocês!
Acho que ele ainda não está em DVD, pois saiu nos cinemas agora, mas deve sair em breve, o site do filme é http://www.kerity-lefilm.com/.
Também desejo a você e teus entes queridos muita saúde e alegrias neste ano de 2010.
Um grande beijo.

Wania, tenho certeza que você gostará de vê-lo, é muito terno e delicado, como teus poemas. Que todos nós tenhamos um maravilhoso Ano Novo, você tem razão.
Um grande beijo.

Célia, as festas foram ótimas e as férias também, legal que vocês também passaram bons momentos neste final de 2009 e começo de 2010. Obrigada pelos votos, desejo também tudo de bom para você e tua família nesta linda Estocolmo.
Um beijão.

Fátima, estamos de volta, este tempo passado fora da blogosfera só reforça a idéia de que estes momentos de comunicação e expressão que ela nos proporciona são positivos e enriquecedores, é muito bom este contato com todos vocês.
Um grande beijo.

 
On 5 de janeiro de 2010 13:33 , Daniel disse...

Wunderschön!!!

Ich wünsche dir ein sehr schönes neues Jahr 2010.

Daniel

 
On 5 de janeiro de 2010 18:26 , Maria Augusta disse...

Daniel, muito obrigada! Desejo o mesmo para você e tua linda família!
Um grande beijo.

 
On 6 de janeiro de 2010 03:19 , Luma Rosa disse...

Não era essa frase que li, mas enfim pensei nisso hoje, sobre as verdades verdadeiras e aquelas aparentes - que parecem mas não são!

Fico feliz com seu retorno à blogosfera! Ainda estarei ausente, mas decerto virei aqui quando puder!

*uma pena que as crianças crescem!

Feliz 2010!! Beijus,

 
On 6 de janeiro de 2010 09:59 , Maria Augusta disse...

Luma, pois é, a verdade é relativa, e às vezes as aparentes tem mais influência que as reais, o que pode ser positivo ou negativo dependendo do contexto...
Feliz 2010 para você também!
Beijos.

 
On 6 de janeiro de 2010 14:46 , Lino disse...

Amo desenhos animados e, pelo que disse, não tenho dúvida de que é um ótimo filme. Aqui, no entanto, não vi falar dele, mas ficarei atento para, se for lançado, vê-lo.

 
On 6 de janeiro de 2010 15:26 , sonia a. mascaro disse...

Querida Maria Augusta,
Obrigada por todas as suas visitas e por prestigiar sempre o meu blog Leituras. Não tenho tido muito tempo para postar, mesmo no Leaves of Grass. Assim, preferi parar com o Leituras, ao invés de postar esporadicamente.
Tenho também uma lista grande de blogs para visitar e também não tenho tido muito tempo para as visitas...
Assim, para dimensionar melhor o meu tempo, elegi os blogs imprescindíveis (um deles é o seu), pois visitar os meus amigos, me faz um bem enorme!
Beijos e uma ótima semana.

 
On 7 de janeiro de 2010 09:51 , Maria Augusta disse...

Lino, o filme é francês e talvez seu circuito de distribuição seja mais modesto que o das produções americanas. Mas como está fazendo muito sucesso, certamente vai interessar os cinemas brasileiros.
Um grande abraço.

Sonia, é assim mesmo, quando não temos muito tempo temos que deixar de lado algumas atividades. Fico muito feliz e honrada por este blog estar entre as tuas prioridades.
Um beijão.

 
On 7 de janeiro de 2010 16:38 , sonia a. mascaro disse...

Obrigada amiga!
Beijos!

 
On 8 de janeiro de 2010 12:33 , Marco Antonio disse...

Bom dia Maria Augusta, espero que seu descanso tenha sido realmente revigorante e que bom que está de volta. Eu ainda estou com posts programados devido ao excesso de trabalho, mas acho que nos próximos dias estarei mais tranquilo. É sempre assim nessa época do ano.
Gostei do seu post "de volta". A Lu tem uma ligação bem estreita com a França e vive ouvindo músicas francesas, assistindo filmes franceses. Alias, sua penúltima personagem tinha relação direta com a França, assim como uma tia dela em que eu penso que o personagem foi baseado, mas eu só penso. Fiquei curioso para ver esse filme, parece um grande faz de conta, agradável. Os filmes mais infantis estão entre os mais agradáveis de se ver ultimamente porque trabalha a imaginação. Grande abraço e obrigado por esse post tão agradável.

 
On 27 de setembro de 2014 00:25 , CIA PALAVRA EN - CANTADA disse...

PASSANDO POR AQUI EM GARIMPAGENS...ADOREI O CONTO!!! BACANA ENCONTRAR POSTAGENS ASSIM...BLOG's CONSISTENTES.

 
On 27 de setembro de 2014 00:27 , CIA PALAVRA EN - CANTADA disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
 
On 27 de setembro de 2014 00:28 , CIA PALAVRA EN - CANTADA disse...
Este comentário foi removido pelo autor.