25.9.09 | Autor: Maria Augusta

Pode-se gostar ou não de seu estilo, mas Brigitte Bardot foi um mito na história do cinema. Este mês ela está completando 75 anos e fala-se muito dela por aqui. Muito bonita durante sua juventude, envelhecendo ela não lançou mão da cirurgia estética ou de outros artifícios para se manter dentro dos padrões de beleza e deixou o tempo fazer seu trabalho sobre seu físico, provocando um contraste violento entre o "antes" e "depois", que não escapa às línguas afiadas... Nos anos 50 e 60, ela balançou os costumes de sua época...provocadora e provocante, teve uma vida amorosa movimentada, abriu caminhos para as liberdades principalmente sexuais que vieram a seguir. Depois de 48 filmes e 70 canções gravadas, ela abandonou o cinema em 1973, mas seu nome não saiu das manchetes. Os fatos de que seu marido atual teria ligações com a extrema direita e de ter sido processada recentemente por declarações de cunho racista que teria feito, deram muito "pano para manga" nos jornais. Mas sua grande batalha é o interesse dos animais, não medindo esforços nem meios financeiros, e usando todo o peso de seu nome para defendê-los, por meio da fundação que criou. E este é o aspecto da vida dela que acho mais interessante!

Fonte : Le Figaro
Categoria: |
You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

23 comentários :

On 25 de setembro de 2009 02:26 , Dalva disse...

Bardot sempre ditou moda e comportamento, sendo referencia para uma geração. E é muito legal esse seu envolvimento com a causa dos animais. Que ela continue ditando comportamento, neste sentido.

Bjs.

 
On 25 de setembro de 2009 11:46 , expressodalinha disse...

Como actriz nunca me encheu as medidas. Tb. os filmes não ajudavam. Como mulher era linda. Protecção aos animais fica-lhe bem.

 
On 25 de setembro de 2009 13:39 , Georgia disse...

Ela foi uma mulher bonita e polêmica. Linda demais!

Nao entendo como ela se deixou ficar assim; acho que para alguém que viveu o que ela viveu talvez ela se cansou de mostrar sempre o belo exterior; talvez um grande amor tenha-a deixado assim mais à esquerda da vida, sei lá. Só sei que Sofia Loren tem a mesma idade que ela e continua uma mulher lindíssima, que se cuida, tem uma aparência linda e ainda brilha. Acho que saber envelhecer é uma arte. Numa entrevista que assisti agora mesmo Sofia Loren disse que comer todos os dias uma bela Pasta faz a vida feliz e mantem a beleza. Seria o carboidrato, entao, rs?

Um grande beijo

 
On 25 de setembro de 2009 14:51 , Luma disse...

Sabe que nunca tinha ouvido ela cantar? Ao contrário de outras atrizes francesas, ela perdeu o glamour ou melhor, ela não se deixou conduzir pelo artificial. Enfim, na vida temos que combater os excessos!! Beijus

 
On 25 de setembro de 2009 16:20 , Eduardo P.L disse...

Bem lembrada! Musa da minha geração!

 
On 25 de setembro de 2009 18:09 , Celia disse...

Ela foi realmente muito bonita. Eu lembro que minha irma tinha um album de artistas e a Brigitte, era uma das suas favoritas. Bom fim de semana. Bj

 
On 25 de setembro de 2009 18:27 , Cris Caetano disse...

Acho que quase tudo foi dito, ela foi lindíssima, mas está um bagaço. Conheço mulheres da mesma idade, sem plásticas e com a aparência melhor que a dela, nesse caso o descuido foi total, talvez a noitada na juventude tenha contribuído, mas acho que ela também se tornou uma pessoa amarga, virou fundamentalista em prol dos animais.
Não é uma crítica, ela é isso, a BB, linda, boa triz, mulher de vanguarda, isso nenhuma ruga destrói.

Beijinhos

 
On 25 de setembro de 2009 20:58 , Wania disse...

BB sempre foi um mito e não deve ser fácil carregar esta bandeira sempre!
Acho que se fartou de seguir os padrões que ela mesmo ditou por muito tempo...
As indomáveis são sempre rebeldes!!!

Segue agora numa grande causa, na minha opinião! Os bichinhos agradecem imensamente e nem estão preocupados com a sua aparência física, acho que ela aprendeu isso com eles!!!

Bom final de semana, Maria Augusta!
Bjs

 
On 25 de setembro de 2009 23:23 , Diz disse...

Beleza de post!
Vc acredita que eu a vi ao vivo em Búzios(ela namorava Bob Zagury, q tinha casa ali na Armação)- década de 6o? é... eu sou do século passado como ela- mais jovem, claro.
Passei na frente dela na praia, eu, meu pai,q não era bobo e meus irmãos, ela fingiu não ver- praia vazia- ela de biquini- não vi esta exuberância q se vê nos filme, era
mignon.
Bj Laura

 
On 26 de setembro de 2009 08:25 , Maria Augusta disse...

Dalva, ela foi uma referência em moda e comportamento, como você disse, e hoje é uma referência em matéria de defesa dos animais.
Um grande beijo.

Jorge, vi alguns filmes dela nos quais ela era sempre "a outra", ou usava sua beleza para "enrolar" os homens. Na época, uma mulher bonita não podia ser inteligente rs.
Abraços.

Georgia, percebi que as pessoas que são mais felizes envelhecem melhor e ela foi sempre uma insatisfeita (esta troca de homens mostra isto) e continua sendo, segundo uma entrevista que li dela recentemente, e talvez isto tenha influenciado na sua aparência atual.
Beijos.

Luma, em teoria foi isto que aconteceu, atualmente seus valores são diferentes. O que "choca" é a forma como passou de um extremo a outro, dá a impressão que foi deliberado.
Um beijão.

Eduardo, tinha até uma música de carnaval falando dela , né? Foi feita uma tradução para o francês desta música, ficou tão engraçado.
Abraços.

 
On 26 de setembro de 2009 08:35 , Maria Augusta disse...

Célia, é verdade! Adorei teu último post com a história do "calcanhar" na banheira rs.
Beijos.

Cris, como você disse, ela continua sendo uma pessoa polêmica, seja pelo "descuido" com a aparência, seja por suas posições na defesa dos animais.
Obrigada pela visita e uma grande beijo.

Wania, na sua atividade atual a aparência não é importante e ela usa sua energia para defender a causa na qual acredita. Mas o que me interroga é como uma pessoa que deu tanta importância à aparência resolve relaxar completamente, se esta atitude não é a expressão de um mal estar.
Um grande beijo.

Laura, então você a viu durante a temporada que ela passou em Búzios. Em geral de perto as estrelas são bem menos impressionantes rs.
Beijos.

 
On 26 de setembro de 2009 12:20 , Aninha Pontes disse...

Acho bonito esse comportamento dela em defesa dos animais, ma, sinceramente é só isso.
Foi sim muito bonita, mas como tudo e todos, o tempo se encarregou de deixar isso lá atrás.
É a vida, não há como lutar contra isso.
Um beijo e um lindo final de semana.

 
On 26 de setembro de 2009 23:59 , teresa disse...

mas sabe o que eu gostava - e gosto até hoje? aquele penteado chucrute que ela fazia. já revirei a internet pra tentar achar o howto e nada... belo post, como sempre.

 
On 27 de setembro de 2009 07:27 , Allan Robert P. J. disse...

BB é uma daquelas pessoas especiais. Talvez tenha sido afetada pelo estrelato, mas a luta dela pela causa animal é de longa data. Assim como a decisão de evitar o bisturi é algo a respeitar, considerando as ex-colegas do cinema.

 
On 27 de setembro de 2009 13:07 , Maria Augusta disse...

Aninha, ela é uma pessoa polêmica, cheia de contrastes e contradições, acho interessante sua história.
Um grande beijo.

Teresa, vejo que você ja "mudou o logiciel", já entrou no ritmo inglês : howto rs. Deve ser difícil achar o modo de fazer o "chucrute", mas talvez um dia destes este penteado volte à moda, como tudo.
Beijos.

Allan, suas ações (ou a ausência delas, como no caso do bisturi) podem ser interpretadas de várias maneiras, o que a torno um personagem interessante.
Um grande abraço.

 
On 28 de setembro de 2009 16:16 , Lunna disse...

Segunda-feira, ventos e nuvens pela paisagem. Cortinas sendo tremuladas de um lado para o outro e em minha tela as suas palavras. Confesso que já ouvi falar um pouco de Brigitte Bardot. Mas é algo tão distante de mim, nem mesmo consigo me lembrar de seus filmes, que com certeza devo ter assistido.
O Marco está me dizendo aqui que ela foi a primeira mulher a fazer um nú frontal no cinema. rs
hahahahahaha. Detalhes que a minha mente não alcança.
Achei interessante seu vínculo para com os animais, mas gosto mesmo é de perceber o quanto os artistas são cheios de contrastes diferenciados: polêmicos, conturbados e indiferentes a tudo isso, não acha? Enfim, acho que a arte permite o delírio, então...
Beijos pra você carissima e uma linda semana...

 
On 28 de setembro de 2009 23:52 , ElmaCarneiro disse...

Foi uma mulher muito bonita que viveu bem a sua juventude e beleza.
Espero que Brigitte Bardot não tenha tido razões sofridas que a fez entregar os pontos quando ainda era jovem e bela.
Acredito que ela possui ainda muita beleza como todos nós podemos conservar apesar dos anos, tanto é verdade que ela talvez não desse tanto valor na beleza física senão estaria toda esticadinha e acolchoada de silicone para seguir a um estereótipo.
E sua causa pela defesa dos animais, principalmente as focas é justa . As pessoas precisavam mesmo de uma conscientização em respeito a matança desse animal tão indefeso e Brigitte Bardot usou de seu nome como uma pessoa conhecida e admirada e fez pelo menos um papel também digno e de grande utilidade.
Eu acho a minha avó linda, e não me interessa se sua pele enrugou, ou se seu corpo mudou tanto por que vejo nela um olhar tão lindo que poucas cultivam enquanto se julgam novas ainda.
Beijooo

 
On 29 de setembro de 2009 04:35 , Marco Antonio disse...

Acho que eu tinha uns dezessete anos quando essa "senhora" surgiu causando escândalos entre os mais puritanos. Retratos de uma época. Lembro de ter ouvido falar por alto de sua dedicação aos animais.
Quanto as suas rugas, umas a mais ou a menos. Acho que o padrão de beleza atual é que sofre de sério problemas. Grande abraço

 
On 29 de setembro de 2009 09:51 , Maria Augusta disse...

Lunna, ela sempre foi "do contra", acredito que vendo que não podia manter a beleza eternamente passou ao outro extremo, em um descuido ostensivo com a aparência. Substituiu o foco de sua vida dos humanos para os animais, o que é uma atitude válida se é sincera como parece.
Um beijão.

Elma, é verdade que ela atacou frontalmente o governo do Canadá para que ele se posicionasse em relação ao massacre das focas. Neste caso, a beleza fisica não tem muita importância, aliás não deveria ter em nenhuma atividade pois é tão efêmera...
Beijos.

Marco, atualmente a beleza física é uma verdadeira obsessão, o que torna muitas pessoas infelizes porque não se pode guardá-la eternamente...temos que aprender a considerar as pessoas além dela mesmo.
Um abração.

 
On 29 de setembro de 2009 16:38 , sonia a. mascaro disse...

Maria Augusta,
A BB foi mesmo uma musa da minha geração! Era lindíssima, ousada e um sinônimo de beleza para a época. Mas ela pelo que tenho visto na imprensa, fisicamente envelheceu mal...o que me intriga e surpreende a respeito das diferentes maneiras de envelhecer... Tantas variáveis entram nesse jogo... Alain Delon é outro que foi belíssimo...
Muito interessante esse post com tantas fotos lindas e sua voz, que muita gente desconhece.
Bjs.

PS: Já volto para ler o post atual...

 
On 2 de outubro de 2009 00:51 , João Menéres disse...

Só para saberes que por aqui passei:
Há meses (não muitos), no ASOLUTELY, da ROSEROUGE, a propósito de um post lá feito, eu disse que a BB era na altura da nossa (minha e dela BB) a minha loucura. Já casado, até parei em frente ao portão da casa dela em (ai a memória que está a precisar da Pasta da Sofia)...em... ??? Malibut.
Não devia saber que eu estava ali à espera dela!!!


Belo post.
Parabéns ao ROLANDO e a ti.

 
On 2 de outubro de 2009 00:52 , João Menéres disse...

Perdão, ao Rolando é NAS ROTAS DA SEDA.
É o cansaço, desculpem, sim?

 
On 7 de abril de 2013 19:48 , Anônimo disse...

I do nоt even know how I еnded up hеre, but I thought this post
was good. I do nоt κnoω who you aге but ceгtainly уou aге going to
a famous blоgger іf you aren't already ;) Cheers!

Also visit my page - payday loans